Um pouco de Bridget Jones

Minha vida sempre foi o caos.
Já fui de muitos amigos, mas cheguei a conclusão que não sou do tipo sociável, porque normalmente acho todo mundo chato demais. Se você me acha chata, pode ter certeza que já te acho ó, há um tempão. Acredito muito nisso de recíproca verdadeira. No entanto, amo pra caramba, inclusive com suas chatices, meus poucos amigos que conquistei de verdade.

Minha vida amorosa não tem mistério. Paixões avassaladoras. Amores impossíveis. Muita esperança. Muita vontade de acertar. Muitos desencontros. Muitos erros. Muitas alegrias. Muitas tristezas. Muito amor. Muitos sonhos. Muitos pesadelos. Muito vinho. Muita dor de cotovelo. Muito vazio. Muitas verdades. Muitas mentiras. Muito de tudo. E muito de nada.

Hoje, com minha filha, tento não me dar ao luxo de ser o caos. Tento. Procuro não chutar o balde. Achei que se eu me dedicasse 100% à maternidade, não correria o risco de cultivar paixões desenfreadas. No entanto, sempre aparece um Daniel Cleaver, que é a maneira mais certa de fazer tudo errado, e virar sua vida de cabeça para baixo. O problema nem é a bagunça que ele faz… O problema é o estrago.

Infelizmente não dá para simplesmente desligar. Também não temos nenhum detector de transtornos ou um campo magnético à prova do inesperado. O amor acontece, floresce, no meio do asfalto. E a gente sempre acredita nele.

Pena que por aqui o inesperado não costuma ser um Mark Darcy. O que traria segurança para os meus dias e evitaria tanta dor de cabeça e noites mal dormidas. Não faria mal à minha autoestima. E o melhor de tudo: ter a certeza que se apaixonou na hora certa pela pessoa certa. Mas acredito que não estamos mais falando de sorte ou azar. Acho que faz parte da evolução. Uma hora a gente para de andar corcunda e aprende a andar em pé.

E, Mark… Se você estiver por aí de bobeira, me liga. Mas, me liga mesmo, tá?

Tá fazendo falta.

linhaDanielle Means .

Anúncios
Etiquetado , , ,

5 pensamentos sobre “Um pouco de Bridget Jones

  1. Vanessa disse:

    Muito eu esse texto. Poderia ter sido escrito por mim… mas não tenho uma Marina em minha vida, e do jeito que anda, nem sei se vai ter…..
    Nada dá certo. :(
    Mas a gente segue, acreditando que um dia vai acontecer.

  2. Kamila Alves disse:

    Exatamente tudo o que pensei a 4 dias!
    Estou como a Vanessa: não tenho uma Marina em minha vida.
    Mas, Dani, ainda bem que toda vez que o amor acontece a gente ainda acredita nele. Porque estrago maior seria não acreditar.

  3. redatoratour disse:

    Precisooo de um Mark Darcy. Só acho.

    O amor acontece, floresce, no meio do asfalto. E a gente sempre acredita nele. #perfeito

  4. Aiiiii aiiiiiii sou tao ela …..
    bjkas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: