Dançando no escuro

Não é como das outras vezes. Eu sei que hoje não haverá volta. Não, eu não sei. Mas eu sinto. Sinto sua ausência, embora você esteja ali. Parado. Na minha frente. A alguns centímetros do meu toque. A quilômetros da minha compreensão.

Você continua com a cabeça baixa. Culpado e vítima sem argumentos. Silêncio. Deve estar ouvindo minha respiração ofegante, já que o ar parece fugir dos meus pulmões. Não quer voltar. Também me abandona, inquieto e desnorteado.

Quero tocá-lo de um modo que não consigo mais. A dor e a angústia, pela primeira vez, se sobrepõem ao desejo. Mas, embora não o toque, ainda posso senti-lo, como senti todas as outras vezes. E, enquanto me recordo da textura e da temperatura da sua pele, percebo que já é saudade. E isso, estranhamente, me conforta.

Eu sei que muitos alarmes falsos já soaram, mas dessa vez o desastre é inevitável. Não podemos nos salvar. E eu sei que você percebe isso também. Condenados ao adeus, nos olhamos mais uma vez nos olhos. Não temos nada a dizer, pois todas as palavras já foram desgastadas: agredindo e perdoando, provocando e acalentando.

O fogo se apagou. E estamos aqui, dançando no escuro, ao som de uma melodia que não faz mais sentido. Nosso pequeno mundo está desabando. E o ruído dos corações partindo faz o silêncio tremer, solidário. Levanto-me e bato a porta atrás de mim. Passo a mão pelo rosto e seco a última lágrima, chamando-a “última” como ordem e súplica.

 

Porta

 

linha

Lina Vieira

.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Dançando no escuro

  1. Kiki disse:

    “Chamando-a “última” como ordem e súplica.” Texto maravilhoso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: