Arquivo da tag: ansiedade

Como manter o equilíbrio emocional em tempos de Coronavírus?

O COVID-19 chegou ao Brasil. O que antes era uma preocupação distante passou a impactar a vida de todos nós. No Rio de Janeiro, assim como em outros lugares, as aulas estão suspensas, eventos culturais e esportivos foram adiados, locais públicos, como parques e museus, estão fechados à visitação e empresas estão adotando medidas para diminuir o avanço do novo coronavírus.

Embora muitas pessoas ainda não acreditem na gravidade do novo coronavírus, e não estejam respeitando todas as orientações, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já declarou, no dia 11 de março, que se trata de uma pandemia. E a nossa rotina já mudou. De alguma maneira mudou. O aumento do número de infectados, as primeiras mortes no Brasil e o reconhecimento da possibilidade de escassez de recursos faz com que muitos de nós estejam com medo e pode levar ao desenvolvimento de crises de ansiedade e depressão.

É difícil lidar com a realidade de que não sabemos quando e nem como essa toda essa crise irá acabar. Muitos não sabem se vão conseguir manter o emprego. Pais estão lidando com as crianças em casa tendo que trabalhar – ou desesperados por serem autônomos e não ter trabalho -, filhos impossibilitados de verem os pais para preservá-los, eventos sendo desmarcados, planos sendo repensados. Não temos controle de nada. E em momentos como este isso fica ainda mais evidente.

Diante de tudo isso, como manter a nossa estabilidade emocional ? Vivendo um dia de cada vez. A situação é grave, não podemos ignorar e desvalorizar o que está acontecendo, mas não há saúde mental se não continuarmos vivos. Precisamos cuidar da nossa saúde física, cumprindo as diretrizes dos especialistas da área de saúde. Se está suspenso das aulas e do trabalho presencial, não fique passeando. Não é período de férias. Tenha contato com o menor número possível de pessoas, preocupe-se com a sua higiene, se alimente bem, procure ter uma boa noite de sono.

Eu sei que não é fácil ver a rotina mudar de uma hora para a outra e não poder planejar o que vai ser daqui para a frente. Mas essa fase vai passar. Uma hora vai passar. E, para que passe mais rápido, todos precisamos nos cuidar, cuidar de quem amamos e nos mantermos fortes.

Crônica publicada no dia 18 de março de 2020 no blog pessoal da autora.

linhaassinatura_GISELI

 

Etiquetado , , , , , , ,

Viva o hoje

A maioria das pessoas tem dificuldade em viver o presente. Ou pensam demasiadamente no que fizeram ou deixaram de fazer no passado ou se preocupam com o futuro. Lidar com as responsabilidades do dia a dia, as consequências das próprias decisões e planejar o futuro exige um equilíbrio que não temos – ou não temos o tempo todo.

O excesso de passado ou de futuro talvez seja uma das razões de tanta depressão e crise de ansiedade, os males do nosso tempo. Se martirizar pelo que já aconteceu ou sofrer por antecipação pode ser mais comum para algumas pessoas do que para outras, mas, certamente, todos nós já vivemos essas experiências e sabemos que não é boa.

Sofrer por antecipação por algo que não temos controle e não depende exclusivamente de nós pode fazer com que a gente sofra duas vezes – uma antes e outra quando o que temíamos acontece – ou que soframos em vão. Quando nos imaginamos em determinada situação e nos preocupamos com ela estamos vivendo todas as sensações – positivas e negativas – como se fossem realmente reais.

Por que viver o hoje, o agora, o presente, é tão difícil? Muitas vezes deixamos de aproveitar a família, os amigos, cuidar da nossa saúde física e mental, prestar atenção ao que acontece a nossa volta e nos entregar de corpo e alma acreditando que daremos atenção a nós mesmos e a quem amamos quando conquistarmos nosso objetivo – seja ele qual for.

Sofrendo pelo passado ou tentando prever o futuro, deixamos de estar, de corpo e alma, no tempo presente. O único que realmente podemos viver integralmente. Que dia você quer viver hoje? Que lembranças deseja ter sobre o dia de hoje? Que experiência você está adiando? O que deixou de dizer?

Por mais que seja difícil, concentre-se no agora. Procure viver o hoje. Evite sofrer pelo futuro que ainda não chegou. Às vezes, dependendo do período que esteja vivendo, você não vai conseguir. E tudo bem. Mas se você nunca consegue procure ajuda profissional para conquistar o equilíbrio emocional necessário para não sofrer pelo que não pode mudar nem pelo que ainda não aconteceu.

O que você está vivendo hoje? O tempo que já passou ou aquele que nem chegou?

Crônica publicada no blog de Giseli Rodrigues no dia 27 de novembro de 2018.

linhaassinatura_GISELI

Etiquetado , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: