Arquivo da tag: competição feminina

“Quando você for mãe vai aprender o que é o amor”

Inicio dizendo que: sou mãe e amo meu filho. Aliás, ele é uma pessoa incrível e às vezes sinto um orgulho enorme pela pessoa que se tornou. Como mulher e mãe, no entanto, fico incomodada com frases que ouço sobre maternidade e considero equivocadas.

“Quando você for mãe vai aprender o que é amor” é uma delas. O amor que sentimos por um filho é enorme, sim. Mas a gente ama tanta gente ao longo da vida. Os pais, os irmãos, os amigos. Filho é mais uma maneira de amar. Não substitui nenhuma delas. Se a pessoa nunca amou ninguém antes da chegada de um filho ela tem problema.

Também fico bastante desconfortável quando alguém diz: “se ela tivesse filho não teria agido dessa forma”. Existe tanta mulher que é mãe e nem por isso deixa de ser escrota! De onde tiram a ideia de que se uma mulher tivesse filho teria tomado uma atitude mais altruísta diante de determinada situação?

Aliás vejo muitas mulheres mães que não se solidarizam com outras igualmente mães. E, pior do que isso, algumas são ruins com os próprios filhos. Ou seja: existem pessoas boas e más, com filhos ou sem. Um filho não vai tornar ninguém bom. Maternidade não é atestado de bondade nem de santidade.

A ideia de que a maternidade é solução para tudo, uma dádiva e torna as mulheres melhores me incomoda muito. Certamente a maternidade ensina muita coisa. É uma experiência revolucionária e arrebatadora. É um aprendizado constante. Que não se esgota nem mesmo quando o filho se torna adulto ou sai de casa.

“Você seria muito mais feliz se tivesse filhos” também me dói o coração toda vez que ouço alguém falando. Por razões bem simples: coloca a felicidade na responsabilidade de quem nem nasceu (ou nem vai nascer!) e coloca quem não tem filhos como uma pessoa incompleta.

Por favor, parem de repetir frases como essas e tantas outras. Não somos melhores do que ninguém por sermos mães. Ninguém é obrigado a viver a maternidade para ser melhor. Mulheres com filhos não têm poderes sobrenaturais nem são especiais. E não sabem mais sobre amor do que outras.

O amor está pelo mundo sob diferentes formas. Filho é só mais uma delas. Não é preciso competir com outras mulheres, olhar com superioridade quem não tem filho e se sentir mais poderosa. Ame o seu filho e todos os seus amores sem julgar menor ou menos importante o amor dos outros. Porque amor é amor.

linhaassinatura_GISELI

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , ,
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: