Arquivo da tag: crimes

Olhos que condenam

Cinco adolescentes do Harlem são injustamente acusados de um estupro no Central Park. Essa é a história da minissérie Olhos que condenam, baseada em uma história real, lançada pela Netflix em 31 de maio de 2019.

A série é um soco no estômago. Eu, que costumo chorar assistindo filmes e séries, não derramei uma lágrima, porque não é uma série emocionante. É revoltante. Causa raiva e indignação a cada cena. Toda vez que os meninos são obrigados a confessar o que não fizeram, quando são torturados, quando são acusados, julgados e encarcerados.

A série retrata uma situação que realmente aconteceu, em 1989, em Nova York, e nos faz refletir sobre a invisibilidade dos jovens negros, que historicamente, estão entre os que mais morrem e são encarcerados no mundo. E não dá para ignorar a realidade brasileira e pensar em quantas pessoas são acusadas injustamente e cumprem pena pelo que não cometeram.

O pesadelo vivido pelos cinco jovens Antron, Yuseff, Raymond e Kevin, condenados injustamente e absolvidos 13 anos depois, nos leva a refletir sobre preconceito, justiça, sistema carcerário. A série é necessária, pois conhecer histórias do passado e evitar que se repitam no futuro. Ou deveria.

Crônica publicada no blog pessoal de Giseli Rodrigues no dia 28 de agosto de 2019.

linhaassinatura_GISELI

 

Etiquetado , , , , , , , , ,

Que o amor vença o ódio

Faz tempo que evito ler notícias e assistir telejornais. Mas, num mundo conectado como o nosso, trágicas notícias chegam a meu conhecimento. Todos os dias. O serial killer de Goiás, a mulher que tortura a suposta amante do namorado, padrasto que tortura a enteada, criança que sofre abuso sexual. Só para citar algumas.

Em meio a tudo isso, as eleições. Mesmo optando por não assistir nenhum debate, soube de coisas horrorosas proferidas pelos candidatos, inclusive (ou principalmente?) os presidenciáveis. E tenho visto, diariamente, pessoas se ofendendo em nome de seus candidatos. Os que exigem educação dos demais são geralmente os mais raivosos. E eu não consigo entender.

Por que o ódio? Por que a violência? Por que o desrespeito? Por que o preconceito? Por que o racismo? Por que a discriminação? Por que o machismo? Por que a raiva? Por que o mal? Por que a injustiça?

Acredito de todo coração, que, apesar de tanta coisa ruim, existe uma quantidade maior de pessoas boas do que de más. Caso contrário, o mundo estaria bem pior. E é para as boas pessoas que desejo fazer um pedido: não desistam do mundo e espalhem amor por aí.

Não nos calemos ao assistir uma injustiça, não vamos fingir que não vimos uma agressão. Vamos explicar aos amigos que vingança é algo bem diferente de justiça. E tenhamos em mente que um pouco de gentileza, educação e empatia não fazem mal a ninguém.

Eu não sou louca a ponto de acreditar que combateremos a criminalidade dessa maneira. Só estou tentando dizer que podemos tornar melhor o dia de alguém. Que pequenas delicadezas podem ter um valor inestimável para o outro. E, principalmente, que vivemos melhor quando acreditamos que o bem vence o mal e que o amor é maior que o ódio.

Principalmente nos momentos em que as notícias são tão estarrecedoras que nos levam a perder a fé na humanidade, precisamos lembrar que o amor nos mantêm vivos e nos motiva a seguir em frente. Sempre.

linhaassinatura_GISELI

Etiquetado , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: