Arquivo da tag: demonstrar afeto

Demonstre afeto

A maioria das pessoas cresce com a ideia de que no amor é necessário fazer jogos de sedução. Fingem que não esperam ligações, se o crush liga não atende ou atende e diz que tem compromisso, e várias outras simulações que conhecemos bem. Ou já fizemos igual ou já vimos fazer ou já fizeram com a gente.

Jogos de sedução consistem em demonstrar que nada está garantido. E, para isso, o artifício é não mostrar com clareza o que sente. Eu vejo problema nesse jeito de se relacionar, mas não estou aqui para julgar e criticar quem prefere se relacionar dessa maneira. A questão é: com frequência vejo casais que estão juntos há muito tempo agindo dessa maneira.

Uma relação duradoura se mantém viva a medida em que as pessoas demonstram os seus sentimentos. São mais felizes os casais que mostram, de maneira verbal ou não verbal, o amor, a gratidão, a admiração que sentem um pelo outro. Vocês escolheram ficar juntos, já disseram incontáveis vezes “eu te amo”, mas, ainda assim é importante dizer mais uma vez.

E, mais importante ainda do que dizer eu te amo, é ser coerente com as declarações de amor. É dar apoio, demonstrar afeto, ajudar, elogiar, incentivar, agradecer. Diga obrigado(a) pelas pequenas coisas que o outro faz por você, isso significa que você reconhece que ele(a) não é obrigado(a) a fazer nada por você e faz por amor. Por carinho. Por gentileza. Por cuidado.

Cuide do seu relacionamento, peça por favor, diga obrigada, fale bom dia, boa tarde, boa noite. Com beijos, preferencialmente. E não fique esperando que leia seus pensamentos. Entendo quem, depois de um aborrecimento, não quer expor o que está sentindo e discutir o assunto, mas se não encontrar um momento para falar não fique esperando que amarrar a cara fará com que o outro entenda exatamente o que está sentindo.

Você já demonstrou seu amor hoje? Mande uma mensagem, compre um cartão, faça um elogio, abrace, diga eu te amo. Quem não gosta de se sentir valorizado, amparado e amado?

linhaassinatura_GISELI

 

Anúncios
Etiquetado , , , , , , ,

Invista na sua relação

Todos nós já ouvimos dizer – e já repetimos de alguma maneira – que é necessário investir diariamente na relação. Mas, no final das contas, como se faz isso? Que comportamentos devemos ter para que o amor continue dando certo? De que maneira alimentamos uma relação de maneira saudável? Isso ninguém explica direito. E, embora cada relacionamento seja único, eu vou tentar ajudar.

1) A importância do toque
No início da relação os casais se beijam, abraçam, fazem carinhos e se tocam o tempo inteiro. Já aqueles que estão juntos há muito tempo nem sempre se lembram da importância do toque. Depois da conquista e com uma rotina cheia de compromissos e obrigações, as pessoas têm pouco tempo para estar junto e fazer carinhos. Mas tocar o outro é a forma mais simples e clara de demonstrar seu amor e fazer com que o outro se sinta amado.

2) Parceria
Assumir um compromisso a dois é uma maneira de estar próximo, demonstrar atenção e incentivar o outro. Se o parceiro precisa perder peso, você pode ajudar a encontrar receitas saudáveis e fazer companhia nas atividades físicas. Se um quer ir ao estádio torcer pelo seu time de coração, não custa fazer companhia. É importante também encontrar atividades que ambos gostem – viajar, cozinhar, assistir determinada série. Poucas coisas no mundo são mais gostosas do que saber que o outro está ao nosso lado para o que der e vier, não é mesmo?

3) Recordar os bons momentos
Rever fotografias dos momentos felizes que passaram juntos – festas, viagens, encontros familiares – ajuda a prolongar a sensação de que o relacionamento vale a pena, apesar das dificuldades. E hoje em dia fotografia é que não falta! Pegue o celular agora mesmo e encontrará um monte delas.

4) Enviar mensagens
A maior parte das pessoas trabalha muitas horas por dia e, por isso mesmo, fica distante do parceiro por horas. Ou dias, caso o trabalho exija viagens recorrentes. Então mande mensagens. Fotos. Pergunte se a reunião que tirou o sono do parceiro correu bem. Elogie. Diga eu te amo. Dá para estar distante fisicamente, sem estar longe emocionalmente. Todo mundo quer um um abrigo, um porto seguro onde possa atracar em segurança.

5) Lide com as diferenças
Muito se fala em alma gêmea, mas para que um relacionamento seja feliz não é preciso que as pessoas sejam idênticas. Por outro lado, é essencial que respeitem as diferenças uma da outra. As pessoas precisam se sentir valorizadas em uma relação. Não zombe da música sertaneja do outro, do escritor preferido nem impeça de ter um quadro de Romero Brito em casa só porque você não gosta. Se um gosta de falar sem parar e o outro precisa de momentos de silêncio, compreenda. Quando há amor dá para negociar. Cada um tem um jeito.

6) Esteja presente
Se esforce para estar presente. Desde a participação num evento familiar, a uma viagem ou curso. Incentive. Encontre soluções para tornar o desejo do outro possível. Valorize os momentos, situações e desejos que têm relevância para outro. E envolva-se.

7) Reconheça as dificuldades
Cada casal tem um ponto sensível. Dinheiro, sogra, filhos de relacionamentos anteriores, ex, religião, divergências políticas. Ou qualquer outro tema. Ou todos esses, vai saber. Reconheça os seus próprios pontos fracos, os assuntos que trazem desconforto e tensão. E, nos assuntos desconfortáveis para o outro, tente se colocar no lugar dele. Às vezes é melhor voltar ao ponto numa outra hora. Entender que o consenso vai demorar e tentar uma conversa quando os ânimos estiverem menos exaltados.

Que outras dicas você daria para quem quer saber como investir na relação amorosa? É claro que as pessoas são diferentes, cada casal tem a sua história e um jeito de lidar com a vida a dois, mas todos gostam de se sentir valorizados, respeitados, importantes, queridos e, principalmente amados. Portanto, demonstrante todo o seu amor.

linhaassinatura_GISELI

Etiquetado , , , ,
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: