Arquivo da tag: expor sentimentos

Demonstrações de amor nas redes sociais

As redes sociais fazem parte das nossas vidas e, principalmente neste momento de pandemia, em que muitas pessoas estão isoladas de familiares e amigos, percebemos a importância da tecnologia para as relações sociais. Estamos enviando muito mais mensagens, áudios e vídeos. Trabalhando, estudando, conversando e até fazendo confraternizações online.

Se antes separávamos vida “real” e “virtual”, hoje fica nítido que isso não existe. Somos seres integrais. Expressamos sentimentos, emoções, opiniões e nos comportamos em diversos ambientes, inclusive os digitais.

Em tempos modernos é impossível não perceber as relações de amor nas redes. E o peso que os status de relacionamento têm hoje na sociedade. Lembro que quando me casei, de papel passado e registro em cartório, meu filho disse em tom de ironia “se não trocou o status do facebook não se casou.” Ele falou brincando. Mas falou algo importante: as redes sociais demonstram quem somos e como estamos – por mais que seja apenas um recorte, uma parte do que desejamos mostrar.

As pessoas expõem os seus relacionamentos de maneiras diferentes. Algumas são mais calorosas, publicam fotos e declarações o tempo todo, outras mais reservadas. Cada um tem um jeito e, por isso mesmo, fica fácil identificar quando algo não vai bem. Quem publicava todo dia, repentinamente não faz uma declaração sequer em semanas, quem nunca publicava nada logo começa a publicar milhares de fotos.

Recém-separados também ficam evidentes, porque mesmo não falando absolutamente nada sobre o fim do relacionamento, excluem fotos a dois, começam a publicar mais fotos em festas, com amigos e, em tempos de pandemia, selfies com frases motivacionais. Aliás, fiquem atentos aos amigos que de uma hora para a outra começam a publicar fotos com legendas motivacionais. Se tiver intimidade entre em contato.

Eu acho linda toda forma de amor e suas manifestações. Como já gosto de um textão, não perco oportunidade de demonstrar afeto, principalmente, em datas comemorativas. Mas fico preocupada com as publicações de algumas pessoas que parecem querer se autoafirmar, apresentar um amor perfeito ou dizer que está tudo bem quando claramente não está. Não precisamos parecer felizes aos olhos dos outros, sabe?

Brigou? Está com problema no relacionamento? O casamento está em crise? Publicar foto romântica com palavras bonitas não vai melhorar a relação. Chore pelo fim da relação, não precisa postar que está bem. Aproveite a reconciliação, não precisa mandar indireta para a amante. Declare-se ao novo amor sem vergonha. Mude o status de relacionamento nas redes. Mas faça por você. Faça pela pessoa que ama. Não pelo que as pessoas que mal fazem parte da sua vida vão achar.

Demonstre amor, dentro e fora das redes. Mas seja sincero com seus sentimentos.

linhaassinatura_GISELI

Etiquetado , , , , , ,

Discuta sem ferir

Diferente do que muitas pessoas pensam, não é a inexistência de conflitos e discussões que caracteriza uma relação feliz e saudável. Casais felizes não leem as mentes em do outro e não concordam em tudo, na maioria das vezes discutem para encontrar soluções que agradem a ambos e satisfaçam os anseios da relação.

Se todo mundo briga, o que difere os casais felizes dos infelizes? Os felizes não brigam a toda hora, não transformam tudo em motivo de discussão, não se agridem e não desrespeitam o companheiro. Mostram insatisfação sem humilhar e desprezar.

É importante expor os sentimentos, mostrar o que desagrada, falar de maneira clara sobre as insatisfações, mas não adianta fazer isso de qualquer maneira acreditando que depois tudo voltará a ser como antes. Não será. Palavras violentas, desrespeitosas e humilhantes também deixam marcas e, pouco a pouco, acabam com a relação.

Ninguém espera que na hora da raiva o outro faça juras de amor e use apelidos fofos, mas também não é admissível que jogue coisas para o alto, grite, agrida física e emocionalmente. Amar exige controle emocional, sabedoria e a certeza de que dos seus atos resulta a felicidade da relação. Se um relacionamento é a dois, é a dois que ele precisa ser construído.

Ouça o que o companheiro tem a dizer, procure se colocar no lugar do outro. Se não estiver em condições de discutir, acha que perderá a calma, peça para continuar a conversa depois. Mas volte a conversa. Não deixe situações pendentes. Por meio das discussões, divergências e conflitos temos a oportunidade de conhecer melhor um ao outro e encontrar soluções benéficas para ambos.

Não adianta achar que encontrou a alma gêmea e vão concordar em tudo. Não vão. As pessoas são diferentes umas das outras e vão mudando com o passar do tempo. Casais que nunca discutem não conhecem um ao outro verdadeiramente, pois não se revelam de maneira genuína. Aceitam tudo para agradar e, cedo ou tarde, não conseguirão suportar a dor de esconder o que sentem de si mesmos.

Ao entender que uma discussão não é uma disputa e dá a oportunidade de conhecer um ao outro, os conflitos passam a ser encarados de maneira positiva e madura. E isso faz com que os relacionamentos durem bastante, sejam saudáveis e felizes, porque ora um cede, ora outro. As conversas chegam a algum lugar – ainda que não exatamente onde um deles queria – e os dois pensam na felicidade um do outro.

É na hora da briga que o amor precisa ser demonstrado de maneira mais efetiva e clara. Colocando-se no lugar do outro, respeitando os sentimentos alheios, evitando julgar, parando de fazer acusações e renunciando, de uma vez por todas, o desejo de ganhar. Quando há um casal só há vitória se vencem os dois. Até numa briga.

linhaassinatura_GISELI

Etiquetado , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: