Arquivo da tag: Realidade

Quando o otimismo é negativo

Muito se fala sobre o poder do pensamento positivo e a importância do otimismo para termos uma vida mais feliz, saudável e realizada. Não paro de ver publicações, textos, mensagens, anúncios de lives e webinares sobre positividade. A onda good vibe, gratidão, “mantenha a fé”, “inspire e expire”, “veja o lado bom das coisas”, “mentalize seus desejos” já era bastante presente, mas parece que foi intensificada com a pandemia. Ou eu passei prestar mais atenção agora, não sei.

Acredito que ter uma postura mais confiante traz benefícios. Algumas pesquisas apontam que ver a metade do copo meio cheio reduz o estresse, protege da depressão e ansiedade, diminui os riscos de doenças cardiovasculares e processos inflamatórios. Mas existe o lado ruim do excesso de otimismo. Como tudo nesta vida, o excesso nunca faz bem. Inclusive o excesso de otimismo.

Algumas pesquisas apontam que acreditar excessivamente que tudo dará certo pode causar justamente o contrário, pois as pessoas acabam criando falsas expectativas, subestimando os riscos, agindo sem pensar nas consequências ou esperando que as coisas caiam do céu –  e acabam tendo resultados negativos.

Segundo as descobertas da neurociência, somos mais otimistas do que realistas. Se não fosse assim, não beberíamos água fora de casa por medo de sermos contaminados. A neurologia explica que o otimismo é a formação de imagens no cérebro, na mesma região em que ficam as lembranças e a projeção do futuro é feita em comparação ao passado. O problema é projetar o futuro por meio da fantasia.

Somos estimulados a acreditar que o bem sempre triunfará, que o correto é ser feliz o tempo todo e que alcançamos a realização pessoal e profissional mentalizando positivamente. Isso faz com que muitas pessoas ignorarem e desvalorizarem as emoções negativas, que fazem parte da vida e ajudam a tomar decisões. Para emagrecer, passar em um concurso, conquistar um bem material, ter um bom relacionamento, tratar uma doença, não basta mentalizar. É preciso se esforçar.

Confie em você, acredite no seu potencial, pense positivo, mas mantenha os pés no chão. A noção de realidade é essencial para um futuro feliz. Ficamos melhores quando não pensamos no melhor nem no pior, temos noção de realidade e conseguimos nos adaptar às circunstâncias.

Crônica publicada no blog pessoal da autora em 02 de agosto de 2020.

linhaassinatura_GISELI

 

Etiquetado , , , , ,

Vamos de mãos dadas

1252633416_up_altas_aventuras_9

Por mais que eu diga que a gente tem que viver tudo que há para viver, voar sem os pés no chão e amar como se não houvesse amanhã, eu não aplico isso a minha vida. Não o tempo todo. Sou receosa e desconfiada. Demoro a construir minhas histórias, a compartilhar, a me entregar. Mas quando me entrego, me entrego de verdade. Por inteiro. Porque, do mesmo modo que o medo não existe pela metade, a coragem também não. Não sei dividir e não quero aprender – um relacionamento só é bom se for para somar. Hoje, por exemplo, escrevo cartas de amor – ridículas. Conjugo verbos no plural. Compro presentes. Mando mensagens. Aprendi a andar de mãos dadas. A paixão é, sem dúvida, um ótimo exercício para a imaginação. E o amor o maior entusiasta para transformar os sonhos em realidade. Podemos sonhar sozinhos. Podemos realizar sonhos sem precisar de ninguém. Mas não podemos sonhar pelo outro. Um relacionamento amoroso só existe se existem duas pessoas comprometidas e inteiras. Existe através da rotina. Através do dia a dia. Através da convivência. Através dos planos traçados em comum. Não vejo graça em amor platônico e não saberia viver um relacionamento estritamente virtual. Preciso da pele. Do cheiro. Do beijo. Do gosto. Do conflito. Da conciliação. Da risada. Do choro. Da raiva. Da alegria. Da tristeza. Do sucesso. Do fracasso. Do sonho. Do medo. Do ciúme. Da paixão. Do tesão. Da palavra. Do silêncio. Minha mente é brilhante. Fantasiosa. Mirabolante. Mas egoísta. Jamais perderia meu tempo sonhando sonhos envolvendo quem não me envolve nos seus. Porque se um relacionamento a dois não é o caminho mais fácil, a vida torna-se mais bonita quando temos alguém a quem dar a mão.

“O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente.”

(Carlos Drumond de Andrade)

linhaassinatura_GISELI

Etiquetado , , , ,
%d blogueiros gostam disto: