12 de junho. E daí?

Dia dos Namorados. Lojas cheias, restaurantes lotados, cartões escritos, troca de mensagens, juras de amor. Ou não. Alguns casais optam por comemorar o relacionamento em outra data, não trocam presentes e veem esse dia como apenas mais uma data comercial. As datas têm significados diferentes para cada um de nós. Isso inclui o tão famoso 12 de junho.

Algumas pessoas ficam eufóricas e ansiosas nos dias que antecedem a data. Estou ou não namorando? Compro presente ou não? Combino algo especial? Faço uma surpresa? E ficam ali consumidas em dúvidas sem saber o que fazer. Até que o dia chega, tudo se resolve, para o bem ou para o mal, e fim.

Ninguém precisa se endividar comprando o que não pode nem preparando eventos mirabolantes. Mas qualquer um pode fazer um jantar especial, escrever um cartão, fazer uma declaração, se oferecer para fazer uma massagem, comprar algo simbólico, se organizar para assistir um filme com mozão. Mesmo depois de casados, a pouco ou muito tempo, pode demonstrar interesse genuíno em…namorar!

Namorar faz bem ao relacionamento. É flertar, seduzir, cortejar. Coisa que muitos casais, com o passar do tempo, deixam de fazer. E depois reclamam. Você tem direito de achar o 12 de junho brega e ridicularizar o valentine´s day, mas crie oportunidades de celebrar o namoro, o relacionamento, o casamento em uma outra data qualquer. O dia em que se conheceram. O dia que reataram. O dia do casamento.

Eu, no entanto, entendo que toda e qualquer data comemorativa é um (bom!) pretexto para dar e receber presente, trocar afeto e cuidar do relacionamento. Não precisamos, obviamente, esperar datas consideradas especiais para demonstrar sentimentos, mas que mal há em expressá-los nesses dias também?

Se você não vai fazer nada hoje, pois o companheiro está longe, falta dinheiro, acha perda de tempo enfrentar filas nos estabelecimentos e julga todas essas datas desnecessárias, tudo bem. Mas certifique-se de que o outro pensa isso também. Se pensar, ótimo. Mas não deixe de namorar. De comemorar. De festejar. De celebrar. Relações precisam ser valorizadas. Sentimentos demonstrados. Apaixonados retribuídos. Em qualquer dia. Todo dia. No seu dia.

Feliz Dia dos Namorados.
Hoje ou outro dia.

linhaassinatura_GISELI

 

Etiquetado , , , , , ,

Um pensamento sobre “12 de junho. E daí?

  1. […] publicada no Amor Crônico em 12 de junho de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: